E-commerce e marketing digital: saiba a relação e como aplicá-los juntos

Com o avanço da tecnologia, ficou muito mais fácil e prático negociar, realizar compras e fazer transações de forma online, um exemplo disso é o uso frequente do e-commerce e do marketing digital que, juntos, vêm trazendo muita praticidade e facilidade nas vendas para os comerciantes online. e-commerce e marketing digital: saiba a relação e como aplicá-los juntos.

E-commerce e marketing digital: Entenda as vantagens de aplicá-los juntos.
E-commerce e marketing digital: Entenda as vantagens de aplicá-los juntos. | Foto: Pexels.

O que é e-commerce?  

Primeiramente, é importante entender o que é o e-commerce e qual a diferença entre e-commerce e marketing digital. O e-commerce é uma abreviação em inglês do termo, em português, comércio eletrônico. Basicamente, o e-commerce consiste em todas as transações, seja de compra ou venda, que são feitas através do meio digital, com o auxílio de um equipamento eletrônico. E qual a diferença entre isso e marketing digital? 

O marketing digital visa práticas e técnicas, ou seja, ações comunicativas, de impulsionar a visibilidade e a procura por um determinado serviço ou produto. Usualmente, praticantes de marketing digital utilizam diversas plataformas para impulsionar sua marca e se relacionar com os clientes. As redes sociais são a principal ferramenta que as empresas usam para gerar visibilidade acerca dos seus produtos e serviços.

Relação entre marketing digital e e-commerce

Por causa da pandemia, o e-commerce está crescendo ainda mais e isso tem uma relação direta com o marketing digital. Vender online não é igual a vender em loja física, por mais que uma marca online possua sites e divulgações em determinados lugares, se as informações no site não forem estrategicamente produzidas para atrair os clientes, as visitações no site vão ser só estatísticas e não vão se efetivar como uma compra concreta. 

Nesse sentido, graças às estratégias de publicidade online, é possível impulsionar pequenos negócios, permitindo que clientes de todos os lugares do país encontrem os serviços que necessitam. 

Por exemplo, um cliente viu um anúncio de uma loja de roupas na TV e visitou o Instagram da loja, porém ao acessar o perfil, não encontrou as peças que viu no anúncio, os valores das peças não estavam disponíveis, não havia informações sobre frete e o perfil estava desatualizado. O cliente, então, acessou o perfil da loja concorrente e encontrou tudo que foi citado anteriormente e, assim, efetuou a compra. 

Portanto, é fundamental para o e-commerce que a apresentação e a estratégia de venda sejam com base no marketing digital para que se obtenha sucesso nas vendas. Assim, a gestão de e-commerce e marketing digital impulsionam as vendas e o lucro gerado é maior.

Benefícios do marketing digital para os e-commerces

Os benefícios do marketing digital para e-commerce é a chave para oferecer qualidade aos clientes, dentre os benefícios estão:

Mais agilidade e rapidez no comércio  

Como já foi dito, a agilidade faz com que o cliente perceba o quão direto e objetivo o serviço é, facilitando todo o processo de compra e venda.

Crescimento online 

Expandir sua marca, fazendo com que o alcance nas plataformas online seja alto, aumenta a visibilidade da marca e consequentemente, aumenta a demanda e as vendas.

Vitrine digital  

Com uma vitrine digital, contendo informações e opiniões dos usuários, faz com que haja mais credibilidade para a marca, sendo um incentivo para quem deseja obter os produtos e serviços de determinada marca.

Estratégias de marketing digital para e-commerces  

1. Medir resultados  

Todas as movimentações que acontecem no meio online geram uma infinidade de dados e resultados que podem ser colocados em análise. Cada post, cada ação feita no seu perfil gera um novo dado para ser analisado, e a síntese das análises vão direcionar seus próximos passos: qual área precisa de mais engajamento, em que persona seu produto se encaixa mais, etc.

2. Consolidar a marca  

Quando você pensa em determinado produto e automaticamente vem o nome de uma marca na cabeça, significa que a marca estabeleceu uma autoridade sobre o produto. Essas são técnicas extensas de branding, que levam muito tempo e requerem muito esforço para se estabelecerem, mas é uma das estratégias de marketing digital mais válidas para quem está inserido no e-commerce.

3. Estabelecer seu público  

Em loja física, comprando ou não, é difícil estabelecer uma relação mais próxima com os clientes, pois eles circulam livremente e comprando ou não, podem voltar ou não. Porém, se a empresa possuir um sistema de dados cadastrais, é possível estabelecer contato e estimular uma frequência do cliente no estabelecimento. Através dos dados gerados sobre o perfil dos usuários, é possível segmentar seus clientes por gênero, idade, interesses e criar ou enviar promoções personalizadas.

4. Se relacionar e engajar com o público  

Estabelecer um bom relacionamento com o público online é mais que importante para sua estratégia de marketing digital. E essa proximidade com o cliente é um benefício que só acontece no meio digital. Mandar foto de algum produto, enviar algo pelo direct, criar uma lista de transmissão com os clientes mais frequentes e coisas do tipo. Tudo isso estreita a relação com o cliente.

5. Tenha um Plano de Negócio  

Quando se escreve alguma pauta, é necessário ter um briefing, ou seja, um planejamento de como a pauta vai ser desenvolvida. Nos negócios é a mesma situação, é preciso definir prazos e metas que se desejam alcançar a curto, médio e longo prazo. Por isso, mesmo que você esteja no início da operação do seu e-commerce é importante começar com um planejamento, através de um Plano de Negócios, que servirá como norteador para todos os passos dentro de uma empresa, seja ela grande ou pequena.  Para o e-commerce é interessante, além de planejar, elaborar um calendário para divulgação e promoções que serão feitas ao longo desse período.

6. Realce as qualidades

Por mais que o meio online seja extremamente promissor, existem vantagens que só existem numa compra física. Tais como ver a qualidade do produto, textura, resistência, coisas que não são possíveis de ver no através do e-commerce aliado ao marketing digital. Portanto, invista em ângulos, descrições, abra um setor para avaliações de outros clientes, tudo que possa reafirmar a qualidade do produto que está sendo oferecido.

7. Remarketing

Tem a função, através de anúncios denominados como “ads” e “pop ups” que aparecem para clientes que visitam seu perfil ou seu site, de oferecer novamente seus serviços, tentando convencer o consumidor a concretizar a compra

8. Marketing de Conteúdo para Leads

O Marketing de conteúdo pode ser um fator definitivo de marketing digital para e-commerce. Há algumas estratégias que o marketing de conteúdo oferece, tais como aplicar estratégias de SEO na descrição dos produtos, para que o Google possa ranquear a sua loja da melhor maneira possível na busca orgânica.

Em síntese, fica claro como uma boa gestão de e-commerce e marketing digital podem fazer a diferença num negócio. Através dele você pode obter diversas vantagens através do marketing digital para e-commerce.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.