Guia completo de como realizar marketing digital para advogados

Na atualidade cresceu, exponencialmente, o número de pessoas que possuem acesso à internet que ao menos tem uma conta em alguma rede social. Segundo o relatório divulgado em janeiro de 2012, pelas empresas de serviços on-line We Are Social e Hootsuite, o percentual de pessoas on-line era de 4,66 bilhões. E o mesmo relatório também aponta que, no mesmo mês, a média da população mundial era de 7,83 milhões de pessoas, ou seja, mais da metade da população mundial possui acesso à internet. Com isso, até o marketing digital para advogados teve um crescimento, por exemplo.

Em 2019, um levantamento, feito pelas mesmas empresas, mostrou que desses 4 milhões, 3 milhões e meio possuem alguma rede social. Isto é, está cada vez mais difícil encontrar pessoas que não tenham contato com o meio digital.

Em tempos de pandemia as pessoas se viram mais tempo em casa, por conseguinte, tiveram um aumento das compras on-line, como do EAD e do home office e, nada mais comum, que haja uma demanda on-line por escritórios de advocacia, assim como qualquer outro serviço.

Na era da internet, o marketing digital se tornou quase sinônimo de marketing, ou seja, as estratégias para agregar e criar valor para satisfazer as necessidades de um público específico, estão cada vez mais voltadas a um público que se encontra on-line. E é por isso que um advogado, como um prestador de serviço, não deve ser deixado para trás.

Talvez alguns advogados acreditem que, entrando no mundo do marketing jurídico, estão se desvencilhando dos escritórios e do contato com o cliente, mas isso não é verdade. Porque marketing jurídico irá ajudá-los a prospectar clientes e a atraí-los ao seu escritório, ao invés de convidá-los a entrar, o que pode acarretar em uma possível recusa.

Neste artigo, contamos um pouco mais sobre como o marketing digital, mais especificamente o marketing jurídico, direcionado a advogados, pode ajudar o seu escritório a crescer e, também, como você pode aplicar o marketing digital jurídico em seu dia a dia.

Marketing digital advocacia: advogados na era digital.
Marketing digital advocacia: advogados na era digital. | Foto: Freepik.

O que é marketing digital para advogados?

Segundo Philip Kotler, o marketing se trata de conjunto de técnicas que criam e geram valor em determinado produto e serviço, ou seja, o marketing digital é todo o conjunto de técnicas direcionadas ao ambiente virtual, seja nas redes sociais ou em mecanismos de busca como o Google.

No marketing você desvenda os desejos dos seus clientes e busca satisfazê-los, tudo isso através de um ótimo estudo de mercado, que se adapta sempre às mudanças sociais, o que é essencial para qualquer negócio mesmo sendo ele no meio jurídico ou não.

Como fazer marketing digital para advogados?

No marketing digital para advogados, isto é, marketing jurídico, as ações são focadas em fidelizar futuros clientes, tirando suas dúvidas, informando sobre algum processo jurídico ou dando “palinhas” do seu trabalho.

Na era digital, o marketing digital jurídico é essencial para a permanência de um escritório de advocacia no mercado. Boa parte do marketing digital é marketing de conteúdo. Já foi se o tempo em que se lotava o desktop de alguém com um monte de anúncios, uma vez que as pessoas estão muito mais críticas em relação ao que consomem.

Tratando-se do marketing jurídico é ainda mais crucial que esse método antiquado não seja feito, devido ao código de ética da OAB, que não permite a venda explícita do serviço (algo que será abordado mais para a frente), mas, sim, a veiculação da informação.

Mas como saber qual é a informação certa a ser transmitida? Primeiramente, é importante focar na sua especialidade e em quem a ela se interessa.

Faça um check-up de quem é a sua persona, uma espécie de avatar que simboliza o padrão de pessoas que seguem o seu serviço. Portanto, você vai buscar mais do que informações demográficas, e sim entender a fundo quem busca pelo seu trabalho.

Os desejos, hábitos, dúvidas e anseios da sua persona são pontos importantes a serem estudados e o ajudarão a chamar atenção do seu possível cliente.

A importância do estudo para gerar lucros no se trabalho
A importância do estudo para gerar lucros no se trabalho | Foto: Freepik.

Através do marketing digital você conhece melhor quem é o cliente do seu escritório de advocacia, pois você não quer que alguém que solicite os seus serviços tenha uma experiência ruim e não volte mais. E é através de um conteúdo, atrelado ao marketing jurídico e com uma linguagem certeira, que você poderá fidelizá-lo e manter o seu nome no mercado, sendo assim, você pode se tornar parte de uma empresa de marketing digital para advogados.

O chamado funil de vendas se aplica aqui também, pois você atrai o visitante através de técnicas de SEO, anúncios no Google e conteúdo de qualidade, pensado especialmente para aquele alvo e criado através de pesquisas de mercado e interações em blogs e redes sociais.

Além disso, e-books, infográficos e outros conteúdos gratuitos podem ser distribuídos em landing pages (páginas de coleta de dados) e, com esses dados, é possível não só facilitar a criação de conteúdo, como analisar em que etapa do funil de vendas a pessoa está.

Se ela chegou até aqui, talvez seja um lead (um futuro cliente) e é aí que você deve captá-los, oferecendo soluções para os seus problemas até que possa fidelizá-los como clientes. 

Esteja de olho no que está acontecendo no mundo e como aquilo pode fazer parte do universo da sua persona. Por exemplo, se a sua área é Direito da Família, então atualizações da legislação em relação a inventários, guarda e divórcio ou qualquer notícia que esteja em alta e tenha relação com esses temas, podem gerar dúvidas em várias pessoas, ou melhor, em várias famílias, e você, como profissional, pode ajudar.

Uma dica é redirecionar o conteúdo das suas redes sociais a um link para o seu site ou blog, lugar onde você pode postar conteúdos mais detalhados.

Código de ética da OAB e os limites do marketing

Você não pode interromper alguma programação com um anúncio do seu trabalho, mas você pode usar o Google Ads para a divulgação dele, visto que assim você só vai aparecer caso alguém esteja procurando pelos seus serviços.

A Ordem dos Advogados do Brasil – OAB – possui restrições quanto à veiculação de propaganda de serviços de advocacia. A OAB permite que os advogados propaguem apenas conteúdo de teor informativo, sendo um dos motivos que aqui o marketing de conteúdo no marketing jurídico é tão importante, pois, segundo o artigo 39 do Código de Ética, “a publicidade do advogado profissional tem caráter meramente informativo e deve primar pela discrição e sobriedade, não podendo configurar captação de clientela ou a mercantilização da profissão”.

Ferramentas de SEO para advogados

Há algumas práticas úteis que ajudam na criação de conteúdo e ações de marketing digital jurídico e uma delas é seguir tópicos no Google e acompanhar portais de notícias. 

Assim, fica mais fácil interpretar quais são as palavras-chave mais usadas nos portais de busca relativos à sua área. Algumas ferramentas, como o Google Keyword, Keyword Tool e Google Trends, podem ajudar nessa empreitada. E, se bem utilizadas, as palavras-chave irão ajudar o seu blog/site a ser achado nos portais de busca, fazendo com que você apareça nos primeiros resultados do Google.

Dicas de como começar um planejamento de marketing digital para advogados

Para que qualquer estratégia seja efetiva, é necessário que você dedique um bom tempo ao seu planejamento, pensando sempre naquilo que o marketing jurídico pode te oferecer.

Com o planejamento certo, atrelado ao marketing jurídico, você consegue mapear os seus possíveis clientes e alcançar resultados provenientes de suas estratégias, sendo possível alterá-las sempre que necessário, a fim de fazer com que as suas metas e objetivos de negócio estejam cada vez mais próximos.

Principais objetivos

Reflita sobre as suas metas de pequeno, médio e longo prazo e pense naquilo que deseja alcançar, sejam elas: aumentar o número de clientes, firmar a sua marca no mercado ou aumentar o número de casos em um determinado percentual.

Análise de mercado

Pergunte-se: como estão os seus concorrentes? Quais são seus pontos fortes e fracos? O que dizem as mais recentes pesquisas e notícias sobre a sua área?

Definição de mercado

Qual é o seu nicho dentro da advocacia? Qual é o seu público-alvo e a sua persona?

Estratégias

Agora anote todas as ideias que vierem à sua cabeça, selecione as melhores e defina estratégias como de posicionamento, relacionamento, tráfego e conversão.

Posicionamento

Faça um plano de ação, definindo o orçamento necessário, e prepare um cronograma de postagens e anúncios no Google Ads.

Monitoramento

Por fim, mas não menos importante, o monitoramento é outro ponto do marketing digital para advogados. Essa é a hora de acompanhar todo o trabalho feito através da análise de métricas, engajamento e estudo do marketing jurídico. Assim, você saberá o que funciona e o que não funciona em sua abordagem e estará sempre se adaptando conforme a demanda de seus clientes e ao mercado.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.